Press "Enter" to skip to content

Carboxiterapia. O poder do gás carbônico.

ABCorps 0

Carboxiterapia – Quem diria que um simples gás faria tanta diferença para as temidas celulites, estrias, flacidez   de acne.  Aplicado de formas diferentes pode melhorar e muito aquelas marquinhas na pele tão indesejadas. O gás carbônico ou CO2 não é prejudicial à saúde e pode te surpreender.

Sendo uma técnica muito antiga, a carboxiterapia foi evoluindo com a passar dos anos e hoje muito conhecida, principalmente pelas mulheres.  Sendo um tratamento estético, várias clínicas já usam dessa técnica para satisfazer suas clientes.

Mas vamos ao que interessa: como funciona a carboxiterapia?

O gás carbônico é injetado na pele superficialmente (para flacidez, estrias e marcas de acne) e na cama de gordura (para celulite), através de uma agulha muito pequena e fina, o aparelho regulado conforme a necessidade do tratamento emite o gás que entra na pele promovendo a melhora da circulação sanguínea, a melhor passagem de oxigênio entre os tecidos, alguns estudos mostram a melhora na produção de colágeno e elastina.

Esse tratamento também é indicado também para tratamento de fibrose  pós-operatória e olheiras.

Como funciona para cada caso:

Celulite:

A celulite é um problema muito comum entra mulheres de diferentes idades, causada por três fatores: inchaço, gordura e fibrose.  Esse tratamento atua nesses três níveis, melhorando a circulação sanguínea ,  uniformizando a camada de gordura e rompendo a fibrose existente. Exercícios físicos que ativem a circulação e movimente o corpo são essências para uma melhora efetiva da celulite. Uma alimentação pobre em sal, gordura e açúcar favorecem o resultado. Lembrando se associando alimentação balanceada + exercícios + tratamento estético o resultado é muito satisfatório.

Estrias:

Sendo ela uma cicatriz, o gás entra nesse tecido “sem vida” colocando circulação sanguínea, passagem de oxigênio e estimulando a formação de colágeno no local, quando ainda vermelha, a estria é mais recente e mais fácil de tratar por haver circulação no local, com o passar dos meses ela vai ficando branca e seu tratamento é mais lento, porem, também eficaz.

Flacidez Corporal e Facial:

Com o passar dos anos a produção de colágeno e elastina vão se diminuindo, porém, até peles mais jovens, que passaram por um processo grande de mudança (engorda e emagrece) podem sofrer com a flacidez. A Carboxiterapia entra auxiliando na produção dessas duas substâncias tão importantes para uma pele bonita. Aplicada bem superficialmente ela ativa a circulação e renova a produção de colágeno e elastina, com auxilio de cremes firmadores, que trabalha em conjunto com esse tratamento.

Olheiras:

Elas acontecem por dois fatorem, mas circulação local e hereditariedade. A Carboxiterapia ira ajudar no caso de má circulação, com a injeção de gás próximo as olheiras, novos vasos são formados, a pele ganha uma aparência mais clara, saudável e bonita. Lembrando que a o tratamento estético é um auxiliador, precisa-se de complementos dependo do caso. Em casos olheiras hereditários o ideal é consultar um dermatologista.

Quantas sessões são necessárias de Carboxiterapia?

Lembrando que cada metabolismo é diferente, e algumas pessoas necessitam de mais sessões que outras, o importante é seguir as orientações do profissional e comparecer com assiduidade nas sessões. A media para começar a ver resultados são 5 sessões, por isso, deve-se fazer um pacote com no mínimo 10.

Duração dos efeitos: tempo indeterminado. Se você não cuida na alimentação rotineiramente e não pratica atividade física com frequência, os efeitos irão fugir logo, logo.

Cuidados antes de começar o tratamento com carboxiterapia.

A sessão deve ser feita por profissional habilitado, utilizando luvas descartáveis assim  como todo o materiais, a pele deve ser limpa com álcool  70% previamente, em caso de pessoas muito sensíveis a dor, o gás deve ser colocado na potencia mínima e conforme a evolução pode aumentar.

Dor: É um item que pode acontecer durante o procedimento. Conforme o gás for sendo injetado, é referido sensação de ardência e dor, até mesmo pelo fato de estar ocorrendo algo que o tecido não esta acostumado.

Existem algumas Contraindicações, que devem ser seguidas.

  • Infecção, alergias, ou alguma doença ativa na região a ser tratada
  • Gravidez
  • Grau de obesidade alto
  • Doença cardíaca ou pulmonar
  • Câncer
  • Doenças de pele

Indicaria você vir conhecer esse tratamento aqui na ABCorps.  Utilizamos todos os métodos corretos e indicados para que você possa ter excelentes resultados…
Na avaliação vemos qual  será  a forma de aplicação e sessões necessárias de carboxiterapia para seu tipo de caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: